top of page

Escrita coletiva de abril - ARTE ESCRITA

Atualizado: 13 de jul. de 2022

Confira meu texto publicado pelo @club.escreva



Virgem Maria,

Representada com a intenção da alma de um jovem pintor, no momento em que sua própria alma era inundada pela anunciação.


A chegada luminosa do arcanjo Gabriel, com suas asas de plumagens perfeitas, envolto por trajes de realeza, tendo em suas mãos um ramo de açucena como representação da feminilidade,

pureza e castidade; coloca-se diante da virgem; e sem esboçar palavra alguma, traz consigo a mensagem de ordem espiritual.


“Maria, não temas, porque achaste graça diante de Deus.

E eis que em teu ventre conceberás e darás à luz um filho, e pôr-lhe-ás o nome de Jesus.” Lucas

1:30,31


Era o primeiro ato de encarnação do divino.


A paisagem esbatida ao fundo, talvez remeta os segundos de insegurança daquela menina, que fora surpreendida em meio aos seus afazeres quotidianos por aquele contato com o divino.


Porém, a luminosidade sobre seu semblante belo e humilde, tão radiante quanto a do próprio arcanjo, era um sinal de que sua fé era maior que qualquer tipo de medo e insegurança.

Maria estava banhada pela luz divina.


E diante de Gabriel, o qual estava cercado pelas flores da primavera de 25 de março, ela acena com um sinal de respeito e aceitação.


“Eis aqui a serva do Senhor; cumpra-se em mim segundo a tua palavra.” Lucas

1:38


Autora: Camila Pasetto

Inspirada na obra: A Anunciação - Leonardo da Vinci



4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page