top of page

O estender de mãos

Confira meu texto publicado pelo @club.escreva - Escrita coletiva de maio- Retratos da vida - Os primeiros anos




O estender de mãos


O estender de mãos…

Gesto corriqueiro para os adultos.

Chave de ouro para as crianças.


Quando mãos carinhosas chegam até elas

Portais são abertos no mesmo instante

Capazes de transformar esse banal movimento

em mundos de terras distantes:


Cavaleiro protegendo o castelo.

Fiel escudeiro embarcando em nova aventura.

Chapéu mexicano no parque de diversões.

Fada bondosa que o levará ao mundo da leitura.

Luvas mágicas que transformam tudo em comida.

Rede gigante que acolhe seu cansaço.

Capa da invisibilidade para esconder-se do lobo.

Escalada na montanha até o pico do abraço.


Que estas mãos carinhosas insistam em se estender,

ano após ano.

Para que na maturidade desta criança,

ela se lembre da fantasia e presença

e se transforme em um adulto que estenda suas mãos

dando ao outro um lugar de pertença.


Segurança para pular de um toco ao outro.

Caminhar lado a lado e se divertir.

Brincar de segurar as mãozinhas e girar até dizer chega.

Convidar para uma leitura antes de dormir.

Colocar as mãos na massa num preparo delicioso.

Dar colo e ninar.

Acolher os pequenos medos e inseguranças.

Permitir-se no abraço ficar.


2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page